Villa d'Este em Tivoli

Um pouco da história da Villa d'Este em Tivoli

O Cardeal Ippolito d'Este ordenou a construção da Villa d'Este em 1550. O pintor, arqueólogo e arquiteto Pirro Ligorio idealizou este maravilhoso projeto e o arquiteto Alberto Galvani o construiu. Em 1572 a decoração pitoresca dos salões do palácio estava quase concluída. Em 1605, por ordem do Cardeal Alessandro D'Este, iniciou-se uma fase de restauração com trabalhos de reparação no jardim e nos sistemas hidráulicos, reorganização dos jardins e melhoria das fontes.

Outras obras de renovação foram realizadas entre1660 e 1670 sob a direção de Gian Lorenzo Bernini. Durante o século XVIII, a Villa d'Este entrou em um período de declínio que piorou quando se tornou propriedade da Casa de Habsburgo. Na metade do século XIX, quando os duques de Modena deram ao Cardeal Gustav von Hohenlohe o direito real sob a cidade, foram realizadas reformas que possibilitaram que a villa voltasse a hospedar figuras do mundo cultural.

Com a Primeira Guerra Mundial, a villa tornou-se propriedade do Estado Italiano (1920-30), que iniciou uma nova fase de restauração, abrindo-a ao público. Os bombardeios da Segunda Guerra Mundial danificaram a cidade e imediatamente após a guerra uma reestruturação radical foi realizada. Anos mais tarde, foram realizadas restaurações que contribuíram para a exibição de obras como a Fonte do Órgão e o "Canto dos Pássaros".

O que é a Villa d'Este atualmente?

A Villa d'Este encontra-se em Tivoli, muito próximo de Roma, e é uma obra-prima da arquitetura italiana pelo desenho de seus jardins. Foi declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO em 2001 e atualmente é administrada pelo Superintendente do Patrimônio Ambiental e Arquitetônico de Lazio.

Esta obra-prima de "jardim italiano" possui uma impressionante concentração de fontes, lírios de água, cavernas, jogos de água e música hidráulica, e foi um modelo imitado pelos jardins europeus do maneirismo e do barroco.

Curiosidade sobre a Villa d'Este em Tivoli

Você sabia que uma das fontes mais importantes dessa villa é a Fonte de Netuno? Essa fonte foi originalmente criada por Gian Lorenzo Bernini e foi restaurada no século XX. Graças à sua grande beleza tornou-se um modelo para a criação de muitas fontes do século XVIII.

Por que visitar a Villa d'Este, em Tivoli?

A Villa d'Este possui belíssimos jardins de estilo maneirista, muito típico do Renascimento, construídos em terraços aproveitando as espetaculares colinas do terreno. A sua construção exigiu muitas inovações para levar a água e fornecer a grande quantidade de cascatas, fontes e os jogos de água que foram utilizados na sua decoração.

Esta villa foi inspirada na Villa Adriana, o retiro aristocrático do Imperador Adriano, e exigiu o estudo de várias técnicas romanas de engenharia hidráulica.

Outras atrações nas redondezas

A Villa d'Este encontra-se em Tivoli, a poucos quilômetros de Roma. Existem muitas razões para visitar Roma, caminhar por suas ruas e esquinas desperta o irresistível desejo de retornar a ela. Portanto, durante sua visita à Cidade Eterna, certifique-se a visitar as seguintes atrações:

Os Museus do Vaticano são uma das principais atrações de Roma. Dentro deles encontram-se milhares de obras de arte reunidas pela Igreja Católica ao longo de cinco séculos. Certamente uma das principais razões para visitar os Museus do Vaticano é a Capela Sistina, considerada a obra-prima de Michelangelo.

A Praça da Espanha é um dos lugares mais visitados de Roma. Sua monumental escadaria é um ponto de encontro não apenas para romanos, mas também para turistas e sem dúvidas já foi a atmosfera ideal de inúmeros filmes.

Outra praça imperdível durante a sua estadia em Roma é a Piazza Navona, localizada onde encontrava-se o Estádio de Domiciano (Circus Agonalis) no ano 86 d.C., o estádio possuía uma capacidade para mais de 30.000 espectadores e era onde os romanos apreciavam os jogos atléticos gregos.

Informações Úteis

Horários:

Janeiro, Novembro e Dezembro - das 8h30 às 17h00
Fevereiro - das 8h30 às 17h30
Março - das 8h30 às 18h15
Abril - das 8h30 às 19h30
De Maio a Agosto - das 8h30 às 19h45
Setembro - das 8h30 às 19h15
Outubro - das 8h30 às 18h30

Fechado na segunda-feira, 1º de Janeiro, 1º de Maio e 25 de Dezembro

Endereço e Mapa

Piazza Trento, 5 - Tivoli

Ver mapa

Acesse comodamente os museus, utilizando o nosso serviço de translado!
SERVIÇO DE TRANSLADO
SERVIÇO DE TRANSLADO
Reserva Agora