Basílica e Vaticano: informações úteis, horários de abertura, história, curiosidades, endereço e mapa


Basílica de São Pedro

Uma pouco da história da Basílica de São Pedro

A história da Basílica de São Pedro começa no século IV, quando o imperador Constantino decidiu construir uma basílica no local onde o apóstolo tinha sido enterrado. A sua construção foi concluída em 329. A igreja era utilizada tanto para celebrar o culto, como um cemitério coberto e também como um salão de banquetes fúnebres. Durante o início da Idade Média era o principal destino de peregrinação do Ocidente. As escavações arqueológicas realizadas debaixo da atual Basílica, as inscrições nas paredes, desenhos e pinturas antigas nos dão uma ideia de como era a primeira basílica.

Em 1506, Júlio II iniciou a construção de uma nova basílica para substituir a existente, encomendando a obra ao arquiteto Donato Bramante. Bramante propôs uma planta em cruz grega (quatro braços iguais), como as igrejas bizantinas do século IX. Quando Bramante morreu em 1514, o trabalho passou para Raffaello Sanzio e uma série de propostas foram discutida até 1521. Raffaello morreu em 1520 e a construção foi continuada por Antonio da Sangallo, o Jovem, que terminou o seu projeto para a basílica em 1538.

Em 1546, após a morte de Antonio da Sangallo, o arquiteto escolhido foi Michelangelo Buonarroti, que deu a forma final ao projeto, simplificando a planta e eliminado as sacristias com torres nas esquinas da praça desenhada por Bramante; transformou a fachada externa em uma parede circular contínua, dando unidade e coerência ao tamanho do edifício. Michelangelo reforçou a estrutura porque o foco da sua ideia era a construção de uma imponente cúpula, sobre um grande tambor, aumentando consideravelmente a imagem da basílica em comparação à proposta original de Bramante.

A sua construção foi concluída vinte e quatro anos depois da sua morte por Domingo Fontana e Giacomo della Porta. Giacomo foi encarregado de terminar o projeto de Michelangelo e depois da sua morte, em 1602, faltava apenas concluir a fachada e projetar a praça. Papa Paulo V decidiu aumentar a igreja com o arquiteto Carlo Maderno, assim a cruz grega de Bramante foi transformada em uma planta em cruz latina, típica das igrejas do Ocidente.

Maderno aumentou a abóboda do braço dianteiro, acrescentando em ambos os lados uma série de capelas cobertas por cúpulas ovais e, na fachada, continuou com a parede desenhada por Michelangelo, reforçando a frente com grandes colunas. A fachada foi construída entre 1607 e 1612. Em 1624, Gian Lorenzo Bernini foi chamado para fazer o baldaquino que compõe o altar e que tradicionalmente deve ficar no centro da cruz, sobre o túmulo do Apóstolo São Pedro, tarefa que foi concluída em 1633. Após a morte de Maderno em 1629, Bernini, assume a tarefa de terminar a decoração do interior de toda a igreja, dando-lhe sua aparência atual.

O que é a Basílica de São Pedro atualmente?

A Basílica de São Pedro é um dos maiores edifícios do mundo e é a maior basílica papal.

Atualmente a Basílica de São Pedro é um edifício de 218 metros de comprimento, 136 metros altura até a cúpula e uma área de 23.000 m2. Essa Basílica foi considerada uma obra arquitetônica de grande importância tanto pela grandiosidade da fachada, quanto pela qualidade do seu trabalho. Recebe anualmente pessoas de diferentes países do mundo que vêm para admirar as mais belas esculturas de todos os tempo e apreciar uma obra que levou séculos para ser construída.

Curiosidade sobre a Basílica de São Pedro

Sabia que foi preciso remover um milhão de metros cúbicos de terra para completar a escavação necessária para a construção da Basílica de São Pedro? A construção da atual Basílica de São Pietro foi encomendada pelo Papa Júlio II (1503-1513), mas naquele lugar antes ficava uma outra basílica, construída pelo imperador Constantino em 319. Naquela época, o imperador recém-convertido havia dado um fim à perseguição dos cristãos e ordenou a construção de uma basílica que levaria o nome do primeiro Papa. O local ideal para essa construção era o grande Circo de Nero, mas Constantino ordenou que a basílica fosse construída no lugar onde estava enterrado São Pedro.

Sabia que Michelangelo tinha penas 24 anos de idade quando esculpiu a Pietà que está na Basílica de São Pedro? Um trabalho que merece ser visto de perto para poder apreciar a genialidade desse artista em sua tenra idade. Após os ataques de 1972 à Pietà, a escultura foi protegida por um cristal.

Você sabia que Michelangelo desenhou o uniforme atual da Guarda Suíça que protege a Basílica de São Pedro?

Por que visitar a Basílica de São Pedro?

A Basílica de São Pedro fica na cidade do Vaticano e é a sede universal da Igreja Católica, além de ser a residência do Papa. A Basílica atual, construída em cima daquela de Constantino, é a expressão da vontade dos Papas do Renascimento que, apoiando-se em grandes artistas como Bramante, Michelangelo, Bernini e Maderno, hoje nos levam em uma viagem através da arte, fé e espiritualidade . Aqui podemos admirar não só a magnitude do edifício, mas também percorrer suas naves, visitar as capelas e apreciar a beleza de muitas obras de arte, como a Pietà de Michelangelo. Atualmente é possível visitar os túmulos dos papas nas Grutas do Vaticano e é também possível ver o túmulo de São Pedro e seus sucessores.

Outras atrações nas proximidades

A poucos passos da Basílica de São Pedro encontram-se os Museus do Vaticano, uma das principais atrações turísticas de Roma. Dentro deles estão milhares de obras de arte reunidas pela Igreja Católica durante mais de cinco séculos.

Deixando para atrás a Basílica de São Pedro e caminhando pela Via della Conciliazione, chegamos ao Castelo de Santo Ângelo, construído na época do imperador Adriano para ser o mausoléu pessoal dele e da sua família. Mais tarde, tornou-se um edifício militar e foi incorporado às Muralhas Aureliano em 403. Por volta do século XI, o forte passou a ser propriedade dos papas, sendo ligado à Cidade do Vaticano por um corredor fortificado chamado Passetto. Uma visita que você não pode perder!

Informações Úteis

The entrance to the St. Peter’s Basilica is free. You can avoid the long queue by booking a group tour or a private tour.

Horários de abertura

From October 1st to March 31st it is open every day from 7.00 am to 6.30 pm.

From April 1st to September 30th it is open every day from 7.00 am to 7.00 pm.

For religious reasons on Wednesday, on Sunday and on festivities the entrance is allowed after 1.00 pm

Closed on January 1st and 6th.

Endereço e Mapa

Piazza San Pietro, Città del Vaticano

Ver mapa

Acesse comodamente os museus, utilizando o nosso serviço de translado!
SERVIÇO DE TRANSLADO
SERVIÇO DE TRANSLADO
Reserva Agora