Coliseu Romano

Um pouco da história do Coliseu

A construção do Anfiteatro Flávio, mais conhecido como Coliseu, começou por volta do ano 71 d.C. no reinado do Imperador Vespasiano. O Coliseu foi construído em um vale, depois da drenagem de um pequeno lago que o Imperador Nero usava para a Domus Aurea, entre as colinas do Palatino, Esquilino e Célio. O imperador Tito inaugurou o Coliseu no ano 80, porém só terminou os trabalhos que incluíam o último andar dois anos mais tarde.

O Coliseu se tornou o maior anfiteatro romano, com uma estrutura elíptica de 188 metros de comprimento, 156 metros de largura e 57 metros de altura. Construído com tijolos e revestido de mármore travertino, foi dividido em cinco níveis e havia capacidade para mais de 50.000 pessoas. As suas áreas eram definidas de acordo com a classe social, quanto mais perto da arena, mais elevado era o nível a que pertenciam.

No século XIX, foram realizados trabalhos de instalação e remodelação no Coliseu, e embora tenha sofrido ataques durante Segunda Guerra Mundial, este majestoso e imponente monumento se tornou um bem cultural da cidade e do mundo, sobrevivendo ao tempo e às guerras.

O que é o Coliseu atualmente?

Mesmo que atualmente o Coliseu esteja em ruínas, continua a impressionar pelo seu tamanho e beleza, e é por isso que desde 2007 é considerado uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno.

Atualmente, o Coliseu Romano é o símbolo de Roma no mundo, foi considerado uma das Sete Maravilhas do Mundo e tornou-se um tesouro histórico e arqueológico que é capaz de nos lembrar a grandeza do Império Romano. De acordo com uma estimativa do Ministério da Cultura, o Anfiteatro Flávio recebe 6 milhões de visitantes por ano e é o monumento mais visitado da Itália.

Curiosidades sobre o Coliseu

Você sabia que para a inauguração do Coliseu organizaram uma festa que durou 100 dias e dezenas de gladiadores morreram? O Coliseu Romano foi inaugurado no ano 80 d.C., após três anos de trabalho. Dion Cássio, historiador, diz que durante os jogos inaugurais do Anfiteatro Flávio, 9000 animais, domesticados e selvagens, também pereceram.

Você sabia que o ingresso do Coliseu é válido para entrar em três museus? Com o ingresso do Coliseu você também pode entrar no Palatino e no Fórum Romano, o ingresso é válido por 2 dias a partir do primeiro uso.

O Fórum Romano é um verdadeiro santuário da Roma antiga, onde antigamente estavam erguidas basílicas, templos, a Cúria do Senado, a Rostra dos Oradores ou a Casa das Vestais. Hoje só podemos ver as suas ruínas, mas você poderá reviver a sua história em cada um destes magníficos cenários. No vale do Fórum Romano, encontra-se a colina do Palatino, onde estão as ruínas da residência imperial cuja construção foi iniciada pelo Imperador Augusto e concluída por seus sucessores, aqui você poderá visitar as sedes, as basílicas, as galerias subterrâneas e etc.

Por que visitar o Coliseu?

Porque é parte da história de um império que, para divertir os habitantes de Roma, organizava lutas entre gladiadores ou contra animais ferozes e espetáculos fantásticos chamados “naumaquias”, verdadeiros combates navais na arena cheia de água. Debaixo da arena do Coliseu estavam inúmeros corredores e salas usadas para hospedar gladiadores e manter animais ferozes, que por sua vez podiam ser conduzidos ao centro da arena pelos vários elevadores e rampas de acesso.

Outras atrações nas redondezas

Muito perto do Coliseu está o Fórum Romano, onde você não pode deixar de ver:

  • Os dois Arcos do Triunfo, distinguindo-se principalmente o de Tito por sua importância histórica e tamanho. Este arco comemora a vitória de Tito sobre os judeus no ano 70 d.C.
  • O Templo de Castor e Pólux que com suas três colunas coríntias se tornou um ícone da Roma antiga.
  • A Basílica de Magêncio com a sua imponente estrutura.
  • A Casa das Vestais com o seu encantador pátio interno onde podemos recriar a vida das únicas sacerdotisas mulheres de Roma, cuja missão estava ligada ao destino da cidade.

Muito perto do Coliseu de Roma está o Castelo de Santo Ângelo, uma fortaleza que também funcionava como palácio, onde os Papas passavam longos períodos durante momentos difíceis. Por esta razão, possui quartos nobres decorados com elegantes afrescos renascentistas.

Clientes que viram este museu também viram:

Museus do Vaticano:  Bilhetes, Visitas guiadas e Privadas - Museus Roma

Ver Museu

Palatino:  Bilhetes, Visitas guiadas e Privadas - Museus Roma

Ver Museu

Forum Romano:  Bilhetes, Visitas guiadas e Privadas - Museus Roma

Ver Museu

Galeria Borghese: Bilhetes, Visitas Guiadas Privadas -  Museu Roma

Ver Museu

Informações Úteis

Horários de abertura

O Coliseu e o Palatino são abertos todos os dias das 8h30 até uma hora antes do pôr do sol (sexta-feira santa das 8h30 às 14h00, 2 de junho das 13h30 às 19h15):

8h30 - 15h30 desde o último domingo de Outubro a 15 de fevereiro
8h30 - 16h00 de 16 de fevereiro a 15 de março
8h30 - 16h30 de 16 de março ao último sábado de março
8h30 - 18h15 desde do último domingo de março até 31 de agosto
8h30 - 18h00 de 1 de setembro até 30 de setembro
8h30 - 17h30 de 1 de outubro ao último sábado de outubro

As bilheterias fecham uma ora antes do término do horário de visitação.

Fechado nas Dia de Ano Novo e dia de Natal.

Endereço e Mapa

Piazza del Colosseo, Roma.

Ver mapa

Exposições

Exposições programadas dentro dos museus:

Coliseu: 08/03/2017 – 07/01/2018 “Colosseo. Un’icona”

Acesse comodamente os museus, utilizando o nosso serviço de translado!
SERVIÇO DE TRANSLADO
SERVIÇO DE TRANSLADO
Reserva Agora