Castel Gandolfo

O tour guiado em grupo está disponível em Inglês, Italiano e Espanhol.
A visita em português pode ser organizada com um guia privado.

Um pouco da história de Castel Gandolfo

A construção de Castel Gandolfo foi baseada na antiga e esplêndida villa romana de Albanum Domitianim, a residência construída entre os anos 81 e 96 sob as ordens do Imperador Domiciano. A cidade permaneceu esquecida até 1200, quando a família genovesa Gandolfo construiu o castelo em cima da colina que domina o lago.

Embora o símbolo papal tenha sido gravado em meados do século XVI, a reconstrução da Residência Papal foi projetada por Carlo Maderno para o Papa Urbano VIII no século XVII e mais tarde, o Papa Pio XI acrescentou o Palácio Papal e a Villa Barberini ao lado. A pequena praça situada na frente da Residência foi renomeada em 1870, durante o movimento de unificação italiana, com o nome de Praça da Liberdade. O Palácio Papal esteve desocupado de 1870 a 1929 quando Mussolini, com a assinatura do Tratado de Latrão, reconheceu a Santa Sé como sendo sua proprietária.

O que é Castel Gandolfo atualmente?

Esta pequena aldeia, conhecida por sua bela paisagem natural, pela elegância da cidade e por suas muralhas, é uma das aldeias mais bonitas da Itália. Nela você encontrará:

PALÁCIO PONTIFÍCIO, construído entre 1624 e 1626 pelo Papa Urbano VII e desenhado por Carlo Maderno. Gian Lorenzo Bernini participou do último estágio da construção, contribuiu com um portal para o jardim, que hoje não existe mais, e colaborou com a realização de uma das asas.

IGREJA DE SÃO TOMÁS DE VILLANOVA, é a Igreja Colegiada e domina a principal praça da aldeia. A sua construção começou em 1658, sob ordens do Papa Alexandre VII e o projeto foi confiado ao grande artista Gian Lorenzo Bernini.

ANTIQUARIUM DA VILLA BARBERINI, a Villa Pontifícia pertenceu à família Barberini e passou à Santa Sé com o Tratado de Latrão de 1929. Se estende por uma área de 55 hectares e hoje abriga um grande museu de antiguidades com sete salas e coleções notáveis.

NINFEO DORICO é o primeiro sítio arqueológico descendo do centro de Castel Gandolfo em direção ao Lago Albano, ao longo da Via Gramsci. Originalmente fazia parte da Villa de Domizia, porém, hoje está isolado dos outros monumentos da imensa residência imperial que se estendia ao redor do lago.

NINFEO BERGANTINO, mais conhecido como 'Bagni di Diana', o Ninfeo Bergantino encontra-se na orla ocidental do lago Albano, na metade do caminho entre o Ninfeo Dorico e o lago Emissário.

EMISSÁRIO DO LAGO ALBANO, um canal artificial de 1.800 metros que começa na costa ocidental do lago Albano e termina na cidade de Mole em Castel Gandolfo.

Curiosidades sobre Castel Gandolfo

Você sabia que a aldeia de Castel Gandolfo se encontra aproximadamente a 40 minutos de Roma e possui 8 mil habitantes e 136 hectares? Esta pequena e calma aldeia do Lazio, aos pés de Lago Albano, se transforma no centro das atenções da Itália e do mundo católico a cada verão, graças ao antigo palácio de Castel Gandolfo que é a residência de verão do Papa.

Você sabia que além do palácio papal, Castel Gandolfo possui dois conventos, uma escola, uma fazenda, jardins e o Observatório do Vaticano? O Papa Urbano VIII foi o primeiro a escolher Castel Gandolfo como residência de verão.

Por que visitar Castel Gandolfo?

Castel Gandolfo é popularmente conhecida como a Cidade do Papa por abrigar a sua residência de verão. É uma aldeia turística localizada no alto do lago Albano, é frequentada por turistas de todo o mundo que apreciam sua posição, vista, excepcional hospitalidade e beleza refinada. O visitante que entra pela primeira vez nas Villa Pontifícias de Castel Gandolfo não imagina que está em uma das aldeias mais famosas da antiguidade.

Para os visitantes de Castel Gandolfo pode ser uma atração ver o Papa e a sua corte, mas o conjunto de edifícios e palácios que cercam Castel Gandolfo também são de grande interesse para os amantes de arquitetura e de história, especialmente pela antiguidade do castelo.

Outras atrações nas proximidades

Você pode concluir a sua visita a Castel Gandolfo com um passeio inesquecível pela Cidade do Vaticano.

Os Museus do Vaticano são uma parada obrigatória devido à sua extensa coleção de arte: pinturas, esculturas, tapeçarias, joias e peças arqueológicas, tudo isso e muito mais em um só lugar. Além disso, no seu interior encontra-se a maravilhosa Capela Sistina com os afrescos do “Juízo Final” de Michelangelo.

A Basílica de São Pedro é provavelmente a igreja mais impressionante que você verá na sua vida. Sua beleza é indescritível, um interior exuberante e um exterior majestoso onde você verá obras de arte de grandes mestres como Michelangelo e Bernini. Não perca a esplêndida oportunidade de subir na cúpula e apreciar a vista da Piazza San Pedro.

Informações Úteis

Como chegar a Castel Gandolfo de Roma

Ônibus: levando o metro Linha A, pode chegar a Anagnina, daqui você pode pegar o ônibus da empresa Cotral que o levará a Castel Gandolfo em 30 minutos.

Comboio: ao pegar a linha Roma-Albano da estação Termini, você chegar a Castel Gandolfo em cerca de 40 minutos.

Endereço e Mapa

Castel Gandolfo - Roma.

Ver mapa

Acesse comodamente os museus, utilizando o nosso serviço de translado!
SERVIÇO DE TRANSLADO
SERVIÇO DE TRANSLADO
Reserva Agora